quarta-feira, 4 de maio de 2016

Como Fazer Mandalas com Pétalas de Flores com as Crianças

Respondendo a uma questão que me é muitas vezes colocada, sobre como consigo que as crianças participem nas coisas que gosto de fazer, a minha resposta é que não consigo, nem quero conseguir.
O meu objetivo ao fazer coisas com os meus filhos é o de nos divertirmos e que eles aprendam a conhecer-se e a perceber o que mais gostam. Parte do encanto de Aprender é que só acontece se estivermos abertos a essa aprendizagem.
Faço propostas, dou ideias, mas muitas vezes não avanço com nada porque simplesmente eles não querem. 
Outras vezes, muitas, maioria talvez, são eles quem fazem as propostas e eu adapto-me. Arranjo os materiais e mergulho no abismo. Para isto, muitas vezes tenho que sair da minha zona de conforto para me dedicar a actividades que para mim são novas e me deixam no papel de quem também está a aprender. Outras vezes, simplesmente avanço com coisas que me apetece fazer e espero que eles se juntem, ou não.
Esta é uma das minhas regras, nunca forçar a participação das crianças nas actividades que me proponho fazer, e por outro lado dar-lhes a possibilidade de aprenderem pelo exemplo. Isto é, se me apetece abraçar uma tarefa, faço-o, e com isto eles vêem-me dedicada àquilo que me apaixona e não há melhor aprendizagem do que essa, a de nos dedicarmos às nossas paixões.  

Estas Mandalas nasceram de uma proposta minha e de uma longa espera pela Primavera para podermos apanhar as flores e criar coisas lindas com elas e como eles adoram um belo passeio matinal, juntámos o útil ao agradável. Apanhámos as flores, discutimos que flores seriam, fomos ver aos livros, falámos sobre as abelhas que felizmente ainda se vêem por aí a polinizar, e fizemos umas lindas Mandalas para dar as boas vindas à Primavera.
Experimentem e depois contem-me como correu!

Como fazer:
Passo 1: apanhar as flores e apenas as flores, para que mais possam nascer e crescer.



Passo 2: retirar as pétalas com cuidado para não se estragarem.



Passo 3: recortar 2 quadrados de película plástica autocolante (daquela que usávamos para forrar os livros da escola) com cerca de 25cm de lado. Uma das folhas vamos usar para colar as pétalas e a outra reservamos para colar por cima no final.
Passo 4: dar asas à imaginação e deixar as crianças fazer o que quiserem. Como podem reparar a Mandalas do Simão nem sequer é uma Mandala, mas para ele tem um significado e saiu-lhe do coração.




Passo 5: colar a segunda folha de plástico autocolante por cima da mandala acabada e enfeitar os vidros de casa.


sexta-feira, 29 de abril de 2016

Este Momento #52




{este momento} - Um ritual de Sexta-feira. Uma simples foto, sem palavras, capturando um momento da semana. Um momento simples, especial e extraordinário. Um momento que eu quero parar, saborear e recordar.
A primeira vez que vi esta ideia foi no blogue A Horta Encantada e achei fantástica. Tenho fotos aqui guardadas que não sabia o que lhes fazer, mas gosto delas por serem momentos especiais cá de casa. Quem as vir, não vai sempre entendê-las, mas para mim são especiais.

A ideia original saiu do blogue soule mama.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Batido de Urtigas


Hoje de manhã não havia verdes em casa para fazer o batido do pequeno almoço. O Zé e a Madalena já tinham saído e desistiram do batido por causa disso. Eu e os miúdos, quando nos levantámos decidimos que iríamos apanhar urtigas para fazer o batido. A nossa amiga Rita já nos tinha dito que ficava uma delícia e ainda por cima cheio de nutrientes valiosos.
Aqui fica a receita escrita pelo Lourenço que fez questão de a escrever ele próprio para oferecer ao senhor da drogaria que queria as receitas das refeições sem carne que fazemos cá em casa. 
Assim, hoje a receita é especial em todos os sentidos.
Bom apetite e um dia cheio de energia!

Depois do batido, cheios de energia, saímos todos para o campo para construirmos um Tipi com canas que fomos cortar, mas as fotos ficam para outro dia.
Bom fim de semana!





terça-feira, 19 de abril de 2016

Massa Elástica - Flubber

Hoje fizemos massa elástica para os rapazes se divertirem. A primeira experiência não correu nada bem e foi toda para o lixo porque usámos cola branca para madeira e tem que se usar cola branca para papel ou découpage.
Mas no final, depois da segunda tentativa, saiu bem e os dois rapazes adoraram o resultado.
Aqui fica a receita para fazerem com os vossos filhos:

Ingredientes:
1 copo de cola branca para papel
3/4 copo água fria
1/2 copo água quente
1 colher de chá de borato de sódio (encontram em qualquer farmácia e um pacote custa 1€ e chega para várias experiências)
3 gotas de corante alimentar

1º passo: numa taça, misturar a cola com a água fria e juntar o corante.
2º passo: noutra taça, dissolver o borato de sódio na água quente.
3º passo: deitar a mistura de água quente com borato de sódio na mistura de cola e água fria e ir mexendo até a consistência ser elástica e se soltar da taça. 
Depois é brincar e brincar.
Posso dizer-vos que a nossa massa saiu perfeita e que foi muito fácil de fazer. Só têm que ter atenção para não usarem cola de madeira porque não vai funcionar.
Divirtam-se!









quinta-feira, 31 de março de 2016

Que tipo de adultos queremos que os nossos filhos sejam?


É isto que se passa na escola tradicional todos os dias, infelizmente, e em algumas, muitas, famílias também.
Nós adultos, esperamos que os nossos filhos cresçam para serem independentes, críticos e inovadores, mas queremos que nos obedeçam cegamente e que façam tudo como lhes pedimos sem liberdade para escolherem seja o que for.
Quantos são os pais de crianças pequenas que os deixam escolher que roupas usar, como usar o cabelo, quando comer e o que comer, quando têm sede, como brincar, quem abraçar ou beijar, quando dormir? Muito poucos! 
É importante pensarmos nisto. Estas decisões que dizem respeito aos "nossos" pequenos seres humanos são de uma enorme importância para o seu saudável desenvolvimento físico e emocional. Só aprendendo a tomar decisões em criança serão capazes de o fazer quando crescerem.
E essa capacidade vai ser necessária e desejada logo a partir da adolescência, quando os nossos filhos questionam tudo e todos.
Pensemos nisto...

quarta-feira, 30 de março de 2016

O Homem é do Tamanho do Seu Sonho



Viver com uma adolescente tem sido, para mim, uma experiência maravilhosa e acredito que todos eles têm coisas extraordinárias para partilhar connosco e até mesmo para nos ensinar. 
Há uns dias, a nossa Madalena escreveu um texto lindo num teste de português, um texto que me fez acreditar convictamente que ainda há esperança na humanidade, que ainda há quem, aos 13 anos, nos diga coisas tão lindas e importantes. Que felicidade, que privilegio, partilhar os meus dias com um ser humano tão bonito...


"Na minha opinião, sonhar é importante. Quando digo sonhar, não é sonhar quando estamos a dormir, porque todas as pessoas são capazes de sonhar enquanto dormem, mas nem todas são capazes de sonhar acordadas. Sonhar quando não estamos a dormir é que é importante, ter um objetivo, um sonho, e correr atrás dele. Na minha opinião é a melhor maneira de viver a vida. 
"O homem é do tamanho do seu sonho" é uma frase dita por Fernando Pessoa, que eu gosto muito e que mostra a importância de sonhar. Para mim, sonhar é importante de tantas maneiras que acho que não as conseguia dizer todas. Sonhar não é só ter um objetivo de vida, sonhar é acreditar que o nosso sonho se vai realizar e lutar por isso. O ser humano precisa de sonhar, mas na nossa sociedade muitas vezes não cumprimos os sonhos só porque alguém nos diz que não é possível que o nosso sonho se realize, porque não está à nossa altura ou porque dizem que sonhar é criar expectativas e que isso é mau. 
Eu acho que nós, humanos, até sonhamos pouco, devíamos sonhar mais, lutar pelos nossos objetivos, e se eles não se cumprirem, pelo menos sabemos que tentámos. Devíamos todos ter não um, mas vários sonhos, porque sonhar é viver e porque "o homem é do tamanho do seu sonho".
Madalena Oliveira, 13 anos

terça-feira, 22 de março de 2016

Creme de Manga e Abacate


Keep it simple é o meu lema de vida e na cozinha então, nem pensar em nada complicado. É preciso é encher barrigas com coisas saudáveis e saborosas e que dêem energia para horas de brincadeira. Lanche simples e saudável para todos, incluindo o bebé, apenas com 3 ingredientes.

Aqui fica a receita:
1 manga bem madura
1 abacate bem maduro
5 tâmaras

Colocar tudo numa liquidificadora, ou bimby no nosso caso, e bater durante cerca de 30 segundos. Servir!
Bom apetite!