sexta-feira, 2 de março de 2012

Narsilion - Arcadia

Este post é um candidato ao Melhor post do Mundo, da Limetree,  “https://limetr.ee/br/home”

"Welcome, o voyager, to this new light that now shines before your eyes... enter with no fear and let your imagination fly away, beyond the limits of reality... where the winds dance close to their memories and the lakes become eternal in the hands of their mysticism... feel free to wonder through our magic path and may the ancient woods spread wisdom over you through your everlasting journey... it´s time to dream forever... in the land of the silver tears... " 
Narsilion




Andava já há algum tempo à procura deste álbum que pensava perdido no meio de tantas mudanças de casa. Ontem, finalmente encontrei-o. Estava ali, onde devia estar, como que a dizer que era agora a hora de o encontrar e não antes. Este álbum dos Narsilion faz-me viajar para outro tempo, outra realidade, e às vezes preciso mesmo de o ouvir para encontrar alguma paz. Nunca encontro essa paz, porque ele me deixa ainda num maior turbilhão. À procura de qualquer coisa que nem sei bem o que é, uma necessidade de mudança, uma catárse! Mas eu sou mesmo assim.
Parece que já lá vivi, em Arcadia, parece-me um regresso a casa...
E, se para mim, nesta fase da vida, o regresso a casa é um regresso à natureza onde possa ser auto suficiente e educar os meus filhos numa relação direta com o que é natural, longe do consumismo absurdo e dos bens materiais, então esta música serve-me de inspiração diária. Preciso de encontrar a minha Arcadia.
Ontem, em casa com o Lourenço, estivemos a ouvir esta música e para meu espanto, também ele vibra com esta melodia. Parece que passa para outra dimensão. Ainda consegui apanhar esse momento, depois de umas pinturas "guerreiras"!!



Mas o Lourenço é assim mesmo. Um doce, uma ternura, sempre a precisar de colo, mas que vibra com "O Senhor dos Anéis" e "Avatar", os homens azuis, como ele lhes chama.

1 comentário: