quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Um dia de escola

Hoje foi o nosso terceiro dia de escola e ainda nos estamos a organizar. Estamos a andar a um bom ritmo, os miúdos estão entusiasmados, mas ainda estamos a perceber como é que funcionamos em conjunto. A Madalena gosta de tudo muito organizado, com horário para cada coisa e pede-me para escrever apontamentos. Ela gosta assim e eu respeito a sua forma de se organizar. Está agora a iniciar um projeto sobre os seres vivos e os seus ambientes naturais. Vamos ver como se sai...
O Lourenço gosta pouco de estar parado, mas aprende com uma rapidez que deixa descansada. Hoje voltámos a falar das vogais e dos números de 1 a 10. Já faz somas simples sem ajuda, coisa que eu não esperava e já reconhece todas as vogais, maiúsculas e minúsculas. Adora brincar com a Escola Virtual e escrever no quadro!!!
O Simão passou um bocadinho da manhã a fazer um puzzle de que gosta muito e depois de vasculhar animais no livro de ciências da irmã, foi brincar com o Lourenço.


Depois do almoço costumamos sentar-nos na cama da Madalena e ela lê alto para nós. Assim treinamos a leitura, o Lourenço inspira-se para os seus desenhos e o Simão adormece para a sua sesta. Depois da leitura a Madalena faz um exercício de escrita criativa e o Lourenço um desenho sobre o que ouviu. Hoje ouvimos "Branquinha, e o maior buraco da Terra!". A biblioteca de Sintra é uma grande ajuda para nós. Vamos lá todas as segundas feiras à tarde abastecer-nos de livros para a semana toda.


Depois disto fomos até à horta. Ficou mais ou menos combinado que "fazemos horta" à quarta feira. Para a Madalena isto é muito importante, pede-me para lhe fazer horários que ela possa consultar e pergunta-me em que dias é que fazemos o quê. Eu tento não ser muito rígida com os horários, mas ao mesmo tempo respeitar as suas necessidades.


Hoje, o Lourenço semeou cebolas, mascarado de homem serpente. A Madalena voltou a semear alfaces porque as outras morreram quando estivemos uma semana em casa dos avós. O pai Zé Maria ainda as regou, mas dois dias inteiros sem água acabaram com elas.



Nesta fase, eu ainda trabalho mais do que eles porque me estou a organizar, a perceber como eles funcionam e a preparar trabalho para os dias seguintes. Mas estou a adorar. Sei que nem sempre vai correr tudo bem, vai haver momentos de cansaço e frustração em que não lhes vai apetecer fazer nada, mas cá estarei eu para dar a volta à questão. Já estou a inventar um jogo de perguntas e respostas para os dias mais difíceis. :)


20 comentários:

  1. Maravilhoso.
    Ontem comprei um livrinho por 0.50€ sobre a aprendizagem da leitura pelo método global. Lembrei-me de vocês. Amanhã volto ao sítio onde encontrei o meu exemplar, creio que têm mais. Se tiverem, envio ainda esta semana por correio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa!!! Obrigada!! Gostava de ter esse livro. Estamos a tentar seguir esse método, mas por vezes dava-me jeito uma ajuda... pago-te o livro com um almoço cá em casa :)

      Eliminar
  2. Combinado! E depois do almoço, xinxada no terreno da vizinha :)

    ResponderEliminar
  3. Não esburaquem é o quintal todo, como a Branquinha, principalmente perto das cenouras. :-)

    ResponderEliminar
  4. Toda a responsabilidade e trabalho que uma tarefa desta envergadura requer...que tudo corra sempre pelo melhor possível, e que sejam muito felizes neste caminho de aprender a ser "adultos". Isso é por vezes o que falta às crianças de hoje, e às de ontem também.

    ResponderEliminar
  5. Ohhh...adorei...sigo atentamento as vossas passadas na escola de casa e vou aprendendo com vocês. Continua a mandar notícias, para eu sorrir e até deixar cair uma lagriminha de vez em quando.

    ResponderEliminar
  6. http://busywomanstripycat.blogspot.pt/2012/09/educar-criancas-felizes.html#comment-form

    http://mumstheboss.blogspot.pt/

    uma "acção" que pode interessar, simbioticamente, ou não!:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece-me muito interessante. Embora caro! Mas vou ver se consigo poupar qualquer coisa até lá. :) Gostava muito de ir... Obrigada!! Um beijinho grande.

      Eliminar
  7. Olá Raquel
    sei do que falas, cá por casa também estamos nessa fase de adaptação em que vamos experimentando e adaptando. Também me precavi para aqueles dias ou momentos, em que eles, ou eu, estamos menos bem para trabalhar - juntei numa pastinha uma série de "actividades de relaxamento" à escolha que servirão para esses momentos menos produtivos. Podem ser desde puzzles, mandalas para colorir, jogos, dvd para assistir,etc.

    Um abraço e continuação de bom trabalho!
    P.S.: Vais ao encontro da MEL este fds? Gostaria muito de vos conhecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paula,
      obrigada pelo apoio. Ainda estou em descoberta e em construção. Ainda me sinto perdida no meio de tanta coisa, mas tento não passar isso para eles. Eles estão a adorar e eu também, mas tenho trabalhado tanto...
      Ainda não sei se vou ao encontro de MEL.
      Um beijinho,
      Raquel

      Eliminar
  8. Que maravilha Raquel :-)
    Continuação de bom trabalho!
    Chegaste a explorar o pintrest? ;-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Olà cunhada !
    Aqui te deixo uns links que podem servir às crianças ...

    http://www.poissonrouge.com/

    http://www.arvindguptatoys.com/toys.html

    http://www.kaboose.com/

    http://www.do2learn.com/

    espreita e espero que algo te sirva ...

    Beijos à mãe, aos filhos e sucesso à escola !

    ResponderEliminar
  10. Olá, acabei de chegar a este blog. Tenho imenso respeito por quem toma uma decisão destas. Também tenho 3 filhos e equacionei a hipótese algumas vezes, mas não me sinto capaz. Ainda assim gostaria de levantar uma questão: o ensino doméstico é aceite em Portugal? Ou seja, podem ingressar na escola "normal", quando quiserem?
    Obrigada e boa sorte com esse projecto.

    ResponderEliminar